in

Sem imaginar, mãe salva a vida de criança que nem conhece ao desabafar sobre câncer em post

A filha de Charlotte Salisbury, 33 anos, nasceu com retinoblastoma, um raro tumor maligno ocular que dificilmente ataca crianças. Desde cedo, logo que o problema foi descoberto, os tratamentos imediatamente começaram para que o câncer não se propagasse na pequena Felicity. E em meio ao processo de cura em andamento, a mãe se viu na responsabilidade de alertar outros pais a respeito do problema.

Ao compartilhar a história da filha nas redes sociais, o efeito de seu relato não tardou para ser imediato. As palavras de Charlotte chegaram a uma mulher britânica chamada Taomi, de 20 anos, que havia identificado um ‘brilho’ nos olhos de sua bebê, mas só se deu conta de que poderia ser algo grave ao ler a postagem.

A bebê Felícia, que sofreu com seis tumores oculares

Preocupada, Taomi levou a filha, Lydia, ao hospital. Lá, foi identificado nela o mesmo tumor que atingiu Felicity. No entanto, a descoberta foi tardia. Já havia nove meses que a criança sofria com mal que atingia os seus olhos.

A essa altura não havia tempo a perder e a necessidade imediata por um tratamento gritava. Tendo passado apenas uma semana, os médicos obtiveram sucesso ao impedirem que a doença se fortalecesse. Entretanto, o câncer deixou uma marca e o olho esquerdo da garotinha não pôde ser salvo.

“Vi a postagem no Facebook durante minhas férias. Ao chegar em casa, minha filha foi levada ao hospital. Descobri que ela tinha a pior forma de retinoblastoma intraocular em seu olho esquerdo. O chamado tipo E”, disse a mãe. “Devido à gravidade o único tratamento a ser feito seria a remoção do olho. Se não tivesse lido o post jamais saberia que minha filha precisava de ajuda. Sou muito grata a Charlotte”, acrescentou.

A pequena Lydia Sharlotte precisou ter o olho esquerdo removido para tratar de um tumor maligno

“No início, quanto Felicity foi diagnosticada pela primeira vez – ela teve seis tumores – eu e meu marido decidimos manter tudo privado. Mas o câncer sofrido por ela é tão raro que eu me senti na obrigação de contar a outros pais. Quando coloquei o post no Facebook pensei que ele seria visto só pelos meus amigos, mas foi compartilhado mais de 65 mil vezes. E um mês depois fui contatada por Taomi que me agradeceu”, comentou Charlotte.

Fotos: SWNS
Fonte: Independent

FAÇA UM COMENTÁRIO

O que achou da postagem?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Dono pede para cão se fingir de morto. E o que ele faz depois deixa todos morrendo de rir

Coruja retribui carinho dos donos com presentes inusitados após ser salva da morte